Vidas interrompidas

Enquanto subia e descia os 71 degraus que há mais de oito anos percorria religiosamente os 7 dias da semana, Mariana permitia-se vaguear pelas lembranças dos piores momentos da vida!

Uma bulimia em estado avançado tinha-a atirado para a cama do hospital na mais bela idade. Tinha apenas 16 anos quando, depois de muitas tentativas de sobreviver sozinha, acabou por pedir ajuda, e ser hospitalizada. Pesava 45 kilos e media 1,65 metros. Os seus lindos olhos azuis emprestavam ainda mais brilho aos cachos do cabelo, em tons de mel.

Apesar da excessiva magreza, Mariana era já muito bonita e tinha toda uma vida pela frente. Mas a sua juventude acabou por ser interrompida. Foram apenas dois meses de tratamento hospitalar mas que lhe retiraram anos de vida. É que além do tempo que esteve internada, foram precisos longos meses para fazer terapia de reeducação alimentar, desenhar um plano de treinos ajustado e equilibrado.

O mais difícil, porém, foi encontrar-se consigo mesma. Voltar a gostar do corpo e de si própria. Desde o despertar da adolescência que Mariana tinha vivido numa angústia constante, sempre em conflito com a balança e em especial com a comida.

O episódio mais marcante foi quando se escondeu na casa de banho durante a festa de aniversário da melhor amiga, a Sofia, para comer de forma compulsiva. Até esse dia, conseguia controlar-se e apenas tinha momentos de distúrbio em casa, mas a partir daquele instante, percebeu que estava a entrar num caminho sem saída.

Um ano depois, a 27 de abril de 2014, dava entrada no hospital. Lembrou-se de, precisamente, um ano antes, ter prometido à Sofia que se iria tratar. Mas foi preciso suportar mais um ano de sofrimento para entender finalmente, que sozinha já não seria capaz de recuperar o tempo perdido.

De repente, ouviu o marido chamar por ela do topo das escadas, enquanto passeava o bebé de 4 meses. Subiu até ao 71º degrau e percebeu que a vida estava a dar-lhe uma nova oportunidade.

Andreia Abreu

[Os dias de Maria]

Leave a Reply

RECEBE NOTÍCIAS D'A CASA DO JOÃO!

Obrigado por te juntares à Tribo!

Algo está errado! Tenta de novo, por favor!

A Casa do João will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.
%d bloggers like this: