Chuva azul

Dias azuis

[Os dias de Maria I]


Estava um dia chuvoso, cinzento, carregado de vento a soprar más notícias e a adivinhar mais um mau dia, mas a Maria estava decidida!

Este era o dia da mudança.

O dia em que ela queria pintar todos os dias de azul!

Azul do céu! Azul do mar! A cor do aconchego e da serenidade!

Era, pelo menos assim que Maria queria imaginar os dias, desde aquele momento! Para ela, o azul era a cor da esperança!
Em casa, o almoço foi parco em palavras e até um pouco apressado!

Todos estavam ansiosos por conhecer mais um dia de números trágicos.

O país e o mundo vivem tempos inéditos, repletos de angústia, medos, receios e ansiedades.

As pessoas andam estranhas e Maria não é exceção.

São mais de duzentas mortes deste implacável vírus que nos vai tirando a vida, mesmo àqueles que não entram na lista negra.

As situações mais comuns e simples ganharam novas rotinas. Tudo é feito com cautela e receio.

“Um dia destes, só nos falta mesmo desinfetar a alma”, desabafou enquanto suspirava e se reclinava na cadeira baloiço junto à lareira.
Saturada, esgotada, desmotivada e até revoltada, Maria adormeceu e quando acordou aproveitou para arrumar as ideias.

Decidiu que, apesar de todas as circunstâncias adversas, estava nas mãos dela, a hipótese de pintar de azul os dias.

Vamos a isso?

Andreia Abreu

Fevereiro 2021

Leave a Reply

RECEBE NOTÍCIAS D'A CASA DO JOÃO!

Obrigado por te juntares à Tribo!

Algo está errado! Tenta de novo, por favor!

A Casa do João will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.
%d bloggers like this: