Famílias : todas diferentes, todas especiais

A presente situação de pandemia e isolamento social coloca desafios extraordinários às famílias. Ora, hoje, as famílias são atualmente muito diversificadas, e cada uma tem de lidar com os desafios particulares de cada situação.

Em dois curtos vídeos, a psicóloga Rute Agulhas lê excertos do livro Álbum de Famílias, escrito a meias com Susana Amorim, que colocam em evidência dois casos particulares: famílias de pais divorciados e famílias numerosas.

No primeiro vídeo, Rute Agulhas enfatiza a importância de os filhos de pais separados continuarem, na medida do possível, a conviver com ambos os progenitores.

No segundo vídeo, a psicóloga alerta para a necessidade de encontrar um lugar especial para cada membro na família. «Mesmo numa casa cheia de gente, pode nunca existir falta de espaço se a cada um for dado um lugar especial».

Álbum de Famílias (ed. Booksmile | 40 pp. | 12,69€) fala do que é uma família e do que ajuda uma família a ser feliz.

Através de vários exemplos, apresenta histórias de crianças que vivem com ambos os pais, ou apenas com um deles; crianças que alternam entre a casa da mãe e a casa do pai, ou que vivem com outros familiares; crianças acolhidas em famílias ou em instituições; crianças adotadas ou que têm dois pais ou duas mães.

Todas as famílias são diferentes, mas têm um traço em comum: são um espaço de afetos onde o amor é mais importante do que qualquer outra coisa. 

Booksmile disponibiliza as primeiras páginas para leitura aqui.

Este livro é um Livro recomendado pela Associação Portuguesa para a Igualdade Parental e Direitos dos Filhos, pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens e pelo Grupo Famílias Arco-Íris da Associação ILGA Portugal.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: