Shimon, o robot que escreve e canta as suas próprias músicas

Investigadores da Georgia Tech têm trabalhado para melhorar um robot musical chamado Shimon, que, agora, não só toca música, mas também escreve as suas próprias letras e as canta.

Shimon é um robot de quatro braços com cabeça em forma de bola. Segura pequenas marretas nas “mãos” para tocar um tipo de xilofone chamado marimba. Já existe há algum tempo como um robot musical. E já em 2015 tocava com outros músicos no Kennedy Center, em Nova York.

O que Shimon fazia nessa altura já era muito bom. Mas agora, desenvolveu a sua Inteligência Artificial (IA), o que significa que os seus programas classificam profundamente enormes quantidades de informação. Isso permite-lhes encontrar padrões que os humanos podem não captar. Os programas podem então usar esses padrões de maneiras novas e surpreendentes. Para Shimon, isso significava que não apenas inventava a sua própria música, mas também em tempo real, enquanto tocava com outros músicos, improvisando.

Shimon aprendeu a escrever as letras para as músicas da mesma maneira que aprendeu a escrever, isto é, sendo “alimentado” milhares e milhares de exemplos. Shimon foi treinado (leia-se: programado) com palavras para 50.000 músicas.

Richard Savery, um dos investigadores, diz: “Ele recebe uma palavra como ‘tempestade’ e, em seguida, gera várias palavras relacionadas, como ‘chuva'”.

E garante que Shimon apresenta muitas ideias, mantém e exibe boas construções.

Para dar voz a Shimon, uma equipe da Georgia Tech trabalhou com especialistas da Universidade Pompeu Fabra, na Espanha. A voz foi criada usando um IA, como um homem. O rosto de Shimon também ganhou novos recursos. A boca do Shimon agora move-se suavemente enquanto ele canta. E também tem sobrancelhas, o que permite que o seu rosto mostre mais emoção.

Para mostrar Shimon e suas novas habilidades, os investigadores gravaram uma das músicas de Shimon, chamada “Into Your Mind”.

No final da primavera, a equipa planeia lançar um álbum com cerca de 8 a 10 músicas de Shimon. O álbum será lançado no serviço de streaming de música Spotify. Também há planos para Shimon sair em digressão com uma banda para tocar e cantar as suas músicas ao vivo.

Para Weinberg, esse é o principal objetivo por trás do projeto Shimon: não fazer com que os robots assumam o controle, mas fazer com que robots e humanos façam algo bonito juntos.

Leave a Reply

RECEBE NOTÍCIAS D'A CASA DO JOÃO!

Obrigado por te juntares à Tribo!

Algo está errado! Tenta de novo, por favor!

A Casa do João will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.
%d bloggers like this: