Saul Davies dos James canta nas redes do Museu FC Porto

Se és fã da histórica banda britância James, então, fica colado ao teu telemóvel ou computador porque ainda hoje, sim, hoje, 7 de abril, o guitarrista da banda vai cantar pela esperança. E o que precisas de fazer? Apenas tens de ficar atento ao Facebook e ou Instagram do Museu FC Porto.

Esta tarde, o músico apela à responsabilidade de todos na luta contra a Covid-19 e junta à mensagem em português os princípios da campanha ‘Many Faces’ , lançada este ano pelo FC Porto e a famosa banda britânica. Apaixonado pelo nosso país, o britânico dirige a todos os portugueses uma declaração de ânimo, confiando na vitória sobre a adversidade e num retomar de quotidianos a fazermos aquilo de que mais gostamos, “ir à bola, a um concerto, ao cinema ou teatro”.

É bom recordar que ‘Many Faces’, uma canção dos James, é também o hino e nome da campanha internacional pela antidiscriminação e solidariedade, lançada este ano pelo FC Porto, em conjunto com a histórica banda britânica. A campanha “Many Faces”, lançada pelo FC Porto e pela banda de rock britânica James, sensibiliza o público para vários dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que as Nações Unidas  definem para 2030. Em linha com os objetivos de sustentabilidade delineados em 2015 pelas Nações Unidas, a campanha também abrange o apelo à responsabilidade na promoção da igualdade no acolhimento de todos os públicos, preocupação defendida pelo Museu FC Porto desde a sua abertura em 2013.

O guitarrista também interpreta uma versão a solo do tema, gravada num momento em que a inspiração pode e deve ser uma ferramenta a usar contra os efeitos da clausura forçada, mas necessária, a que estamos sujeitos. Adepto do FC Porto e visitante repetente do Museu FC Porto e do Estádio do Dragão, Saul Davies sublinha a importância de todos permanecermos em casa para travarmos a propagação do SARS-CoV-2, cumprindo como rigorosos agentes da saúde pública.

Tal como Saul Davies, o músico português Mundo Segundo também já marca presença nas mesmas plataformas de comunicação e atividades digitais do Museu, transmitindo palavras de força e de apelo à responsabilidade, quando atravessamos uma fase de profundos constrangimentos e pronunciadas dificuldades sociais. Brevemente, outros artistas de referência vão participar nesta iniciativa.

Recorde-se que ainda em 2016, o artista visitou o Museu e ainda o Estádio do Dragão e revelou ter ficado rendido.

Prepara-te, reúne a família no sofá e desfrua de um belo final de tarde! Até lá, podes e deves acompanhar tudo nas redes sociais e #ficaremcasa

Leave a Reply

Obrigado pr subscreveres a nossa página!

Algo está errado! Tenta de novo, por favor!

A Casa do João will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.
%d bloggers like this: