Música para todos no Cerco

A cantora portuense Marta Ren é a madrinha da edição deste ano do programa municipal de inclusão social “Música para Todos”. Assim, neste âmbito, um grupo alargado de alunos do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas do Cerco do Porto vai receber instrumentos musicais.

A oferta, avança o portal de notícias da Câmara do Porto, foi concretizada às 18h00 desta quarta-feira, 15 de janeiro, nos Paços do Concelho, em sessão com o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, o vereador da Habitação e Coesão Social, Fernando Paulo, e a própria madrinha do programa, que sucede assim ao músico Miguel Araújo.

Refira-se que neste evento, em que participaram os alunos beneficiados, as suas famílias e convidados, incluiu também a atuação da Orquestra Juvenil da Bonjóia para interpretar “Voyage entre amis”, de Kevin Dauzat, “Help” e “Ob-La-Di, Ob-La-Da”, dos Beatles.

De mencionar que o programa “Música para Todos” visa “promover o sucesso escolar através do estímulo do ensino articulado da música, indo os instrumentos oferecidos acompanhar daqui por diante a vida académica dos jovens alunos”, revela o portal de notícias da autarquia.

Organizado desde 2010 pela Câmara do Porto, este programa “alicerça a inclusão social num projeto educativo sólido, fundamentado nos princípios da diversidade cultural, possibilitando às crianças e jovens que vivem em ambientes mais vulneráveis conhecer outras realidades, outras culturas e linguagens, que transparecem nos seus desempenhos e resultados escolares”.

A iniciativa municipal garante a igualdade de oportunidades e o reforço da coesão social e territorial, e, atualmente, conta com a parceria do Ministério da Educação e da Escola de Música Silva Monteiro, estando a funcionar num universo de 90 alunos dos 2.º e 3.º ciclos do Agrupamento de Escolas do Cerco do Porto.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: