(Des)Construção da memória

Não percas a exposição temporária, (Des)construção da memória , até 9 de fevereiro no Museu Coleção Berardo.

Ung Vai Meng e Chan Hin Io são dois artistas que, através do colectivo YiiMa, assumiram a missão de resgatar o esquecimento, afastando a poeira que o tempo inexoravelmente vai depositando nos marcos do passado.

Fazem-no mais concretamente através da ação artística e “beneficiando de um vasto conhecimento da história e da cultura oriental e ocidental”, revela o site Estrelas & Ouriços.

Estes dois artistas têm vindo a contribuir para mostrar a identidade de Macau a partir da (Des)Construção da Memória, aceitando que a multiculturalidade é uma riqueza e não uma entropia.

A curadoria é de João Miguel Barros.

Refira-se que esta exposição de fotografia, vídeo, instalação e performance foi organizada no âmbito das comemorações dos 20 anos da passagem da soberania de Macau para a República Popular da China e dos 40 anos do estabelecimento das relações diplomáticas entre Portugal e a República Popular da China.

Deixar uma resposta

Obrigado pr subscreveres a nossa página!

Algo está errado! Tenta de novo, por favor!

A Casa do João will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.
%d bloggers like this: