O primeiro dia de escola… de todas as Pequenas Corujas

O primeiro dia da Pequena Coruja, de Debi Gliori, com ilustrações de Alison Brown (Minutos de Leitura, 2018) conta o dia de escola de uma Pequena Coruja desde o acordar ao adormecer.

A princípio, diante do anúncio maternal de que “hoje é um grande dia», a resposta é repetida e justificada: “Eu não gosto de grandes dias. Eu quero um dia pequeno. Quero ficar em casa, contigo e com a Coruja Bebé.” A mãe Coruja, sábia e carinhosa, consegue levar e deixar a Pequena Coruja na escola ao cuidado da Professora Branquinha, que propõe a construção de um foguetão, a realização de um desenho, a utilização dos instrumentos musicais, a edificação de um castelo de areia, uma brincadeira com água, o lanche e a prática de voo e a leitura de uma história. A todas estas propostas, a Pequena Coruja responde “não, obrigado”, acabando por dizer que as quer concretizar “com a Mamã e a Coruja Bebé!”

É a ajuda solicitada pela professora à Coruja Tininha na construção do castelo de areia e a partilha da bolacha, a par da lição de voo e da escolha do livro de leitura, que lhe permitem esquecer “de pensar na Mamã e na Coruja Bebé!” até que “…lá estavam a Mamã Coruja e a Coruja Bebé à sua espera, para regressarem a casa.” Grande dia!

Apesar de protagonizada por corujas, eis uma história sobre a realidade do primeiro dia de escola (Jardim de Infância incluído) de muitas crianças. Com simplicidade! Com a sabedoria de enfrentar os medos e as situações novas! Uma “leitura” metaforizada da realidade (para que não possa dizer-se que a Literatura para a infância e a juventude não se conecta com a realidade)!

O texto, ritmado, aposta no diálogo como estrutura narrativa capaz de captar a atenção dos pequenos leitores, constituindo um ótimo recurso ao leitor/contador, que pode mostrar as ilustrações (muito) figurativas enquanto lê ou conta a história. As ilustrações, nomeadamente a sua sequência, parece sugerir um ritmo em perfeita simbiose, na alternância entre página inteira ilustrada com cor e ilustrações sobre fundo branco, e as três fortes duplas páginas em que se concretizam os desejos da Pequena Coruja com a Mamã e a Coruja Bebé.

Algumas variações no grafismo, nomeadamente no que se refere ao tamanho e ao tipo de letra, emprestam ao livro uma vivacidade e dinâmica significativa!

Um livro a não deixar de ler, em casa ou na escola, neste início de ano letivo!

Leave a Reply

Obrigado pr subscreveres a nossa página!

Algo está errado! Tenta de novo, por favor!

A Casa do João will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.
%d bloggers like this: