Às vezes, um livro não é (tão) só um livro…

Não sendo, formalmente, um poema, A Nuvem, de Rita Canas Mendes e João Fazenda (Pato Lógico, 2018) transpira poesia.

Desde logo, porque o texto e a trama que o constitui é de uma lisura surpreendente: «Certa vez, deixou de fazer vento e uma nuvem instalou-se no céu, mesmo por cima de uma estrada», sendo que a nuvem acompanhava a própria estrada e que, a princípio, ninguém notava, à exceção dos meninos sentados no banco de trás. Depois, espantaram-se os meteorologistas, as autoridades inspecionaram, apareceram as televisões e os especialistas, todos falavam do assunto, acabando por fechar-se a estrada. Até que um dia, levantou-se o vento e a nuvem desfez-se. «Todos os que se tinham sobressaltado com o prodígio tiveram de se desadmirar, desindignar, desamedrontar ou desemplogar, e aceitar a realidade.» A conclusão do texto, que encerra o livro – «Às vezes, uma nuvem é só uma nuvem.» –, é lapidar e insinua uma multiplicidade de mensagens subliminares, podendo conjeturar-se uma crítica ao tempo e modo mediático da vida moderna, à velocidade, multiplicidade e arbitrariedade das opiniões contraditórias pseudocientíficas; à volatilidade das decisões políticas, entre outras…

A Nuvem é, verdadeiramente, uma metáfora da vida moderna.

Acresce dizer que muitas das mensagens subliminares apontadas são aportadas pelas ilustrações de João Fazenda, no seu estilo peculiar, oferecendo ao livro um ritmo em harmonia e simbiose com o texto. De assinalar são as duplas páginas (quase) sem texto que oferecem ao olhar do leitor mais atento ou perspicaz uma pluralidade de significados que, apesar do texto, vão além dele e o enriquecem

A nosso ver, um casamento perfeito entre texto e ilustração, como se reclama neste tipo de livros. Uma palavra para o grafismo ajustado e à rara, mas seguramente consciente, opção dos créditos nas guardas finais, quase como uma legenda, para não atrapalhar (ou contaminar) o olhar.

Um livro exigente para leitores inteligentes (as crianças…)!

Leave a Reply

Obrigado por te juntares à Tribo!

Algo está errado! Tenta de novo, por favor!

A Casa do João will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.
%d bloggers like this: