Ler poesia é mais útil para o cérebro do que….

Um estudo da Universidade de Liverpool conclui que ler poesia, nomeadamente os clássicos como Shakespeare, William Wordsworth e T.S. Eliot, estimula a mente e é mais eficaz do que os livros de autoajuda.

Investigadores em áreas distintas (ciências, psicologia e literatura inglesa) daquela universidade monitoraram a atividade cerebral de 30 voluntários que leram primeiro trechos de textos clássicos e depois essas mesmas passagens “traduzidas” para a “linguagem coloquial”.

Os resultados mostram que a atividade do cérebro “dispara” quando o leitor encontra palavras incomuns ou frases com uma estrutura semântica complexa, mas não reage – não se “surpreende” – quando esse mesmo conteúdo se expressa com fórmulas ditas “normais”, de uso quotidiano.

Um outro estudo, que utilizou textos de autores ingleses como Henry Vaughan, John Donne, Elizabeth Barrett Browning e Philip Larkin, mostra que os estímulos provocados pelo texto poético mantêm-se durante um tempo, potencializando a atenção do indivíduo.

Os investigadores sugerem, por isso, que a poesia “é mais útil [do] que os livros de autoajuda”, já que afeta o lado direito do cérebro, onde são armazenadas as lembranças autobiográficas, e ajuda a refleti-las e entendê-las desde outra perspectiva.

“A poesia não é só uma questão de estilo. A descrição profunda de experiências acrescenta elementos emocionais e biográficos ao conhecimento cognitivo que já possuímos de nossas lembranças”, explica um dos autores do estudo.

As conclusões do estudo não são inéditas, havendo múltiplos estudos já efetuados (em diferentes e transversais áreas), mas reiteram o que já se sabe (embora nem sempre se admita): (ler) a poesia faz bem!

Por exemplo, o poeta Thomas-Stearn-Eliot, mais conhecido por T. S. Eliot, escreveu num dos seus ensaios:

“O objetivo do poeta não é descobrir novas emoções, mas utilizar as corriqueiras e, trabalhando-as no elevado nível poético, exprimir sentimentos que não se encontram em absoluto nas emoções como tais.”

Leave a Reply

Obrigado por te juntares à Tribo!

Algo está errado! Tenta de novo, por favor!

A Casa do João will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.
%d bloggers like this: