Cadeira Bem-Querer promove bem-estar para todos!

Em Amarante, há um novo espaço dedicado à psicologia e ao mindfulness que não exclui ninguém. Nem mesmo os mais carenciados. A Cadeira Bem-Querer pretende fomentar a Economia da Generosidade e Partilha, numa lógica de cooperação com os participantes.

Na prática, o que isto significa é que, a cada 7 participantes em cada edição de workshops ou programas, reserva-se sempre um lugar gratuito a pessoas com baixo nível de rendimento. Lá diz o ditado, e bem, que onde todos ajudam, nada custa! Uma cadeira carregada de responsabilidade social. O “Salas a ser” nasceu em Amarante e é o mais recente espaço dedicado à psicologia e ao mindfulness. Quem não se lembra do resgate de 12 adolescentes e do treinador, presos em uma caverna sem alimentação, na Tailândia? Graças aos princípios da técnica milenar mindfulness, os jovens mantiveram o equilíbrio, mesmo perante as adversidades. Depois de 17 dias, o pesadelo chegou ao fim!

Não obstante as melhores condições e padrões de vida conseguidos ao longo dos tempos, vivemos numa sociedade com pessoas cada vez mais cansadas, esgotadas; com famílias cada vez mais espalhadas, divididas; com laços humanos cada vez mais instáveis, imprevisíveis. Segundo Byung Chul Han, vivemos numa sociedade do cansaço, na qual o índice de ansiedade tem vindo a disparar vertiginosamente nas últimas décadas.

A ansiedade é uma resposta emocional caracterizada pela antecipação de ameaça futura, que integra a nossa herança evolutiva com a função de nos proteger. Porém, quando exagerada e prolongada no tempo, pode converter-se em perturbação de foro psíquico. Atualmente, constitui a perturbação com maior prevalência no nosso país, assolando milhares de pessoas.

“Estes dados, associados a carregadas idiossincrasias, impulsionaram a criação do projeto Salas a ser, que visa a promoção de bem-querer pessoal e comum”, começa por explicar Estefânia Vasconcelos, a fundadora do “Salas a ser”, à A Casa do João.

Socorrendo-se das palavras de Jon Kabat-Zinn, a psicóloga Estefânia Vasconcelos justifica a necessidade de hoje, mais que nunca, se trabalhar, este tipo de meditação. “Ao longo dos últimos anos temos vindo a assistir a uma franca expansão da meditação Mindfulness, que consiste no treino mental de “prestar a atenção, de uma forma particular, de propósito, no momento presente e sem julgamento” (Jon Kabat-Zinn)”.

Atendendo aos múltiplos benefícios cientificamente comprovados resultantes da prática, designadamente aumento de calma, atenção (concentração e produtividade), memória, responsabilidade social, e subsequente redução de sintomatologia nas mais diversas patologias, aumento da qualidade de vida e florescimento humano, o “Salas a ser” trabalha com a população em geral: crianças e jovens, dos 7 aos 17 anos, e adultos.

No fundo, o que se espera é que esta prática seja usada em prol do bem-estar pessoal na vida e no trabalho. “Convida-se a desligar o piloto automático, tentando reconhecer o que está à nossa volta, como, simplesmente, saborear o café matinal em vez de o engolir”, desafia a Facilitadora de Mindfulness. Estefânia Vasconcelos deparou-se com a técnica, que desconhecia, numa pós-graduação. Sentiu os benefícios deste treino mental que a ajudou a “canalizar a energia e a viver o momento de forma harmoniosa e construtiva” e nunca mais parou. Agora quer espalhar o bem-querer, perspetivando uma sociedade “mais presente, compassiva e feliz!”.

Consulta de Psicologia; Programa Abraçar a Ansiedade; Workshop de Mindfulness; Programa Introdução ao Mindfulness; Programa Mindful Self-Compassion; Programa Still Quiet Place e Sessão de Mindfulness – são os serviços disponibilizados. Mas aqui há ainda espaço para uma biblioteca comunitária, para utentes e não utentes do “Salas a ser”. E nada foi deixado ao acaso. “Os flyers têm o formato de um marcador de livros. Além disso, se excluirmos as letras que se repetem no “Salas a ser”, que são 3 s´s e 3 a´s, restam outras 3: LER“, termina, em jeito de convite.

Leave a Reply

RECEBE NOTÍCIAS D'A CASA DO JOÃO!

Obrigado por te juntares à Tribo!

Algo está errado! Tenta de novo, por favor!

A Casa do João will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.
%d bloggers like this: